Dicas para trabalho com grandes montagens – Parte 4

Na quarta parte dessa série de posts, vamos aprender mais sobre técnicas adicionais para otimização de nossas montagens usando os comandos Defeature e SpeedPak!
Artigo criado por: Mechworks

Agora que vimos os detalhes dos métodos de abertura de montagens no SOLIDWORKS e como eles podem nos beneficiar, nesse último post dessa série, vamos abordar alguns métodos de simplificação de montagens: o SpeedPak e o Defeature.

Defeature

O comando Defeature remove detalhes de peças, peças com múltiplos corpos e montagens para gerar modelos mais simplificados.

O Defeature mantém a inteligência do modelo original possibilitando que montagens que possuam componentes rotativos continuem apresentando esse movimento mesmo na sua versão simplificada.

Além disso, após criarmos a versão simplificada do modelo usando o comando Defeature, temos a possibilidade de criar um novo modelo vinculado ao original. Isso garantirá que as futuras alterações no modelo sejam propagadas para a versão simplificada criada pelo Defeature.

Com esse comando podemos enviar para fabricantes, fornecedores e parceiros informações de projeto e ao mesmo tempo remover detalhes desnecessários que não queremos compartilhar para proteger nossa propriedade intelectual.

O modelo gerado pelo recurso Defeature também é mais adequado para utilização em montagens de nível superior devido a quantidade reduzida de geometrias. É justamente essa particularidade que pode nos ajudar a otimizar nossas montagens. Em testes internos, comparando os tempos de abertura do arquivo de montagem com e sem o Defeature, vimos que o tempo de abertura do arquivo com Defeature foi 5 vezes menor do que o arquivo original.

SpeedPak

O SpeedPak cria uma versão simplificada da montagem ao mesmo tempo que mantém as referências. Um ponto bastante positivo sobre o SpeedPak é que, já que ele cria essa versão simplificada sem suprimir recursos e criando uma configuração, você pode substituir o modelo original em uma montagem de nível superior simplesmente por mudar para a configuração criada pelo SpeedPak sem o risco de perder referências.

Além disso, quando fazemos alterações em uma montagem, o icone do SpeedPak irá exibir um aviso sobre a alteração e elas poderão ser incluídas facilmente na configuração SpeedPak pela Árvore de Projetos.

O SpeedPak pode ser facilmente reconhecido pelo ícone na Árvore de Projetos . Outra característica é o chamado círculo fantasma quando estamos movimentando o mouse sobre a montagem. Esse círculo exibe a geometria que foi incluída na definição do SpeedPak. Aqui vai uma dica: o círculo fantasma pode ser desligado com o atalho ALT+S!

Quanto maior for a montagem, melhor vai ser o desempenho do SpeedPak!

Com isso, fechamos nossa série de posts com dicas para otimização de grandes montagens. Se quiser rever algumas das dicas, acesse os links abaixo:

COMPARTILHE:
© 2022 MechWorks Tecnologia · Todos os direitos reservados
WhatsApp
Estamos online no Whatsapp. Fale agora com um especialista!
Abrir WhatsApp Mechworks Abrir WhatsApp Mechworks