Melhores configurações de Hardware para o seu SOLIDWORKS

A escolha das configurações corretas em um computador é fundamental para os usuários usufruírem de uma experiência de uso aprimorada em cada tipo de trabalho.
Artigo criado por: Cesar Augusthus Pinto

A escolha das configurações de hardware corretas para o desenvolvimento de projetos com o SOLIDWORKS, é sem dúvidas fundamental, para que os usuários possam usufruir de uma experiência de uso aprimorada.

Os REQUISITOS DE SISTEMA definidos pelo fornecedor, são aplicáveis a todos os produtos SOLIDWORKS, exceto quando indicadas algumas exceções. Estes requisitos podem garantir que os usuários trabalhem em um sistema otimizado de hardware, sistema operacional adequado e produtos Microsoft compatíveis com o SOLIDWORKS.

Dada a importância do tema e os altos custos de tecnologias no mercado brasileiro, no momento das aquisições de hardwares, não podem haver suposições. Por este motivo, o BLOG MECHWORKS, preparou este artigo com o objetivo de ajudá-los a escolher a configuração de hardware correta para os produtos SOLIDWORKS mais regularmente utilizados.

SUGESTÕES DO SUPORTE TÉCNICO

Normalmente, o SUPORTE TÉCNICO não possui autonomia para efetuar sugestões tão especificas. Afinal, preferencias de fabricantes e marcas costumam variar entre nossos clientes e fundamentam-se em escolhas por boas pós-vendas, boas assistências técnicas ou até mesmo preferências pessoais dos usuários.

É comum que as nossas orientações sempre sejam baseadas nos REQUISITOS MÍNIMOS definidos pelo fornecedor. A partir destes requisitos mínimos, o que podemos fazer então, são ponderações técnicas aliadas as nossas experiências de uso e conciliadas aos cenários mais regularmente utilizados.

PRINCIPAIS APLICAÇÕES:

Atualmente, a fase de desenvolvimento de produtos, leva em consideração algumas premissas básicas como, criar produtos melhores, mais baratos e ao mesmo tempo, mais leves e fáceis de fabricar e que possam também ser colocados no mercado, de forma atrativa, antes de seus concorrentes.

Para chegar nesses resultados, a utilização de ferramentas como o SOLIDWORKS Simulation é indispensável para rodar testes e executar análises de elementos finitos. Assim como são indispensáveis, soluções como o SOLIDWORKS Visualize, que retratarão os produtos através de renderizações de imagens foto-realísticas para demonstrações e iniciativas de marketing.

Estes são clássicos exemplos de aplicações onde a escolha dos hardwares errados, poderão causar travamentos e baixo desempenho, comprometendo o trabalho.

CENÁRIO 01 – USUÁRIOS SOLIDWORKS:

Para usuários que não possuem um fluxo de trabalho diário e intenso, e que trabalham nos ambientes de montagens e desenhos contendo até 500 componentes, workstations como a DELL PRECISION 3650 TOWER ou MOBILE WORKSTATION 3561 mostram-se como ótimas soluções pois chegam equipadas com PROCESSADORES INTEL CORE I5, WINDOWS 10, GPU NVIDIA QUADRO T100 ou T600 com 4GB dedicados, 16GB de MEMÓRIA RAM e SSD.

Trabalhar apenas com o SOLIDWORKS permite que os usuários utilizem a linha INTEL CORE I5, I7 OU I9 com no mínimo 3.3GHZ de processamento. O SOLIDWORKS não é uma ferramenta multinucleada, por este motivo utilizar a linha INTEL CORE aliada a uma placa de vídeo homologada é suficiente.

CENÁRIO 02 – USUÁRIOS SOLIDWORKS E VISUALIZE:

Em um segundo momento, podemos olhar com mais atenção para os usuários SOLIDWORKS que trabalham regularmente com montagens de até 2500 componentes e que utilizam ferramentas como o SOLIDWORKS Visualize. Nestes casos, podemos destacar a performance de workstations como DELL PRECISION 3650, 5760 ou MSI e LENOVO.

Neste cenário, a utilização de ferramentas de renderização de imagens nos leva a necessidade de processadores multinucleados como os da linha XEON. As máquinas citadas acima costumam oferecer aos seus usuários configurações como: WINDOWS 10 PRO, PROCESSADORES INTEL XEON, GPU NVIDIA QUADRO RTX A4000 ou A2000 com até 8GB dedicados, 32GB de MEMÓRIA RAM e SSD.

PARA CONHECER A DIFERENÇA ENTRE OS PROCESSADORES INTEL CORE E XEON E ENTENDER O DESEMPENHO DOS ELEMENTOS GRÁFICOS NO SOLIDWORKS, CONSULTE NOSSO ARTIGO SOBRE O TEMA CLICANDO AQUI!

CENÁRIO 03 – USUÁRIOS SOLIDWORKS E SIMULATION:

Engenheiros e projetistas que trabalham com grandes montagens, criando animações em movimento, renderizações no SOLIDWORKS Visualize e realizando simulações regularmente com o SOLIDWORKS Simulation precisarão de máquinas mais robustas. Para estes casos, podemos destacar novamente as marcas DELL, LENOVO e MSI.

Estes fabricantes, podem fornecer máquinas avançadas, equipadas com WINDOWS 10 PRO, PROCESSADORES INTEL XEON, GPU NVIDIA QUADRO RTX5000 ou RTX A5000 com até 16GB dedicados, MEMÓRIA RAM entre 32GB e 64GB e SSD de classes elevadas.

Configurações como estas elevam os custos de investimento, entretanto garantem que projetos de maior complexidade e tamanho sejam executados com perfeição.

PLACA DE VÍDEO E SSD:

É sempre aconselhado a utilização de um SSD pois eles provêm respostas expressivamente mais rápidas do que um HD convencional.

Já as placas de vídeo são cruciais para o desempenho do SOLIDWORKS, elas além de garantir melhor performance, também são responsáveis por tornar a utilização mais fluída e estável. Uma boa dica é sempre optar por placas que possuam a partir de 4GB de memória dedicada.

Embora existam diversos fabricantes, a linha NVIDIA QUADRO possui boa confiabilidade e é a mais recomendada para o trabalho com modelamento CAD 3D. Suas séries e famílias possuem hardwares com valores que vão dos mais acessíveis até hardwares de alta performance.

NVIDIA e SOLIDWORKS são parceiros que juntos trabalham na evolução dos hardwares e softwares. Ao longo dos anos, o SOLIDWORKS fez bom uso desses avanços de hardware adotando a aceleração de GPU em seu fluxo de engenharia de software, movendo o que antes eram processos de thread único em CPUs para GPUs melhorando o desempenho.

O SOLIDWORKS também otimizou o pipeline de renderização OpenGL em 2019 e está ativado por padrão desde 2020, resultando em uma experiência mais suave na manipulação de grandes montagens e modelos complexos quando trabalhado com placas de vídeo homologadas.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

É muito importante ressaltar que este artigo não é específico, pois não se baseia na complexidade dos projetos de vocês leitores individualmente. Posto isto, estes parâmetros podem exceder a demanda necessária, ou ainda, até mesmo não a atende-la.

Para ajuda-lo a decidir sobre a melhor ferramenta para o seu trabalho, ENTRE EM CONTATO com o SUPORTE TÉCNICO MECHWORKS.

E lembre-se que semanalmente, nosso time de especialistas gera conteúdo sobre configurações otimizadas de memória, cpu, gpu, principais funções do SOLIDWORKS e dicas técnicas de desempenho.

COMPARTILHE:
© 2022 MechWorks Tecnologia · Todos os direitos reservados
WhatsApp
Estamos online no Whatsapp. Fale agora com um especialista!
Abrir WhatsApp Mechworks Abrir WhatsApp Mechworks